Quando falamos em qual a melhor linguagem de programação para iniciantes, é interessante levar em consideração que apenas uma resposta seria simplesmente impossível de ser dada, mas vamos apresentar algumas das opções mais interessantes para você.

Agora, quando falamos de algo que é realmente indispensável que você entenda, antes mesmo de começar a desenvolver qualquer informação de linguagem, existe algo que você precisa aprender antes de qualquer linguagem de programação.

Quer saber o que? Continue lendo e você vai descobrir!

linguagens de programacao para iniciantes

O que é realmente indispensável que o iniciante em programação aprenda?

É importante entender que a programação é complexa por motivos que são diferentes do que a maioria acredita, e na realidade o que você precisa aprender, de verdade, é “como pensar a programação”.

A isso é dado o nome de lógica de programação, e isso é o que é realmente fundamental a ser aprendido quando o assunto é programação.

Muitos estudantes de programação iniciantes tentam entender a linguagem de programação antes de entender a lógica, e isso faz com que eles acabam tendo muitas dificuldades em entregar projetos funcionais, porque eles simplesmente não entregam “todas as ordens” que o programa precisa desenvolver para conseguir realizar a tarefa em questão.

Existem diversas formas de compreender a lógica de programação, algumas especialmente interessantes e até divertidas, como jogos e outras formas de estudo no geral.

Nossa recomendação é que você tenha bastante contato com a lógica de programação antes de começar a se preocupar com linguagem de programação.

Qual a melhor linguagem de programação para iniciantes depois de aprender a lógica de programação?

Aprendeu lógica de programação? Agora você começa a se preocupar com linguagem de programação, e nesse sentido existe algo que você deve aprender antes de efetivamente aprender a programar: HTML e CSS.

Apesar de parecer, nenhuma dessas duas ferramentas é, realmente, uma linguagem de comunicação. São apenas ferramentas de orientação de elementos dentro de uma página Web.

HTML e CSS:

Mesmo que você não tenha nenhuma intenção de mexer com web design, em algum momento você vai precisar colocar algo na internet, e nesse momento, o HTML e o CSS vão ser de grande ajuda para você.

Javascript:

Depois destes, recomenda-se aprender Javascript, já que essa linguagem de programação para iniciantes pode ser mais amigável para quem aprendeu HTML e CSS, além de as 3 “conversarem” muito bem no desenvolvimento web, além de ser possível gerar jogos também por meio do Javascript.

JAVA:

Depois disso, o recomendável é aprender JAVA, já que o Javascript dá uma boa noção para aprender JAVA (já que ambos usam a mesma lógica de orientação de objetos chamada DOM), que é muito usada em uma infinidade de produtos, sendo comuns que até alguns produtos menos complexo, como calculadoras, acabam sendo programados em Java.

Ruby e Python:

Seguindo nesse sentido, é interessante que você comece a aprender Ruby e Python depois dessas, que são linguagens de programação um pouco mais avançadas, mas que são bem mais procurados para projetos mais complexos (ou seja, mais bem pagos).

Eu preciso do ensino superior para trabalhar com programação?

Embora ajude e dê um diferencial em alguns momentos e em algumas empresas, não dá para dizer que você não consegue emprego com programação sem o curso superior.

Na verdade, pelo contrário! Em alguns momentos não ter o curso superior pode te ajudar a entrar nas posições mais básicas das empresas e passar a evoluir dentro dela.

Isso acontece porque existe uma grande defasagem entre demanda e oferta quando o assunto são profissionais de programação, sempre tendendo a ter mais demanda que oferta. O maior segredo para estar sempre trabalhando parte de 3 atitudes essenciais, que são elas:

  • Manter-se sempre atualizado: estude sempre as novidades do mercado, especialmente quando você começar a se especializar. O ideal é se tornar um programador full stack, mas se você preferir se especializar em front ou back end, também não tem problema, desde que você se mantenha atualizado;
  • Aprender a trabalhar como freelancer nas horas vagas: mesmo que você tenha um emprego fixo, fazer freelances eventuais vai te ajudar não só financeiramente, mas também com os contatos, Networking é fundamental para um programador;
  • Aprender a ser assertivo: seja no seu código ou nas suas negociações, o programador assertivo sempre está um passo à frente, porque ele deixa claro qual seu objetivo em uma negociação, quanto deseja ganhar no projeto e quais suas intenções.

Outro detalhe importante que você precisa aprender para desenvolver-se de forma mais interessante é: a necessidade de aprender a escolher os melhores projetos para trabalhar, e quando vale a pena ser fixo em uma empresa.

Freela ou fixo? Entenda como funcionam essas questões:

Muitas vezes os programadores acabam entrando em jornadas de trabalho absurdas, de 10, 14 horas trabalhadas diariamente, tudo isso com ganhos menores do que teriam em jornadas menores, de 8 horas, com horários mais controlados.

A maioria das pessoas acredita que no caso acima temos um freelancer trabalhando demais, sendo que com um contrato ele poderia ter uma vida mais tranquila. Isso, definitivamente, não é verdade em todos os casos.

Algumas vezes, os contratos fixos de empresas podem se tornar abusivos, com empresas ignorando horas extras por meio de terceirização e ocupando toda a sua agenda com o mesmo valor, enquanto você teria valores melhores e mais controle da sua jornada de trabalho sendo totalmente freelancer.

O importante para o programador iniciante, nesse caso, é sempre ter controle do seu valor de hora aula e manter-se sempre dentro de um valor que você considere coerente, sempre buscando seu aumento de valor hora/trabalho para manter-se sempre em vantagem.

Rápida conclusão:

Bom, como você mesmo acabou de ler, responder a pergunta: qual a melhor linguagem de programação para iniciantes é um tanto complicado, pois todas as linguagens são muito importantes.

Então, nossa recomendação é que você estude e dedique-se bastante para aprender as linguagens já mencionadas nesse texto que são elas:

  • HTML;
  • CSS;
  • Javascript;
  • JAVA;
  • Ruby;
  • Python.

E procure refletir bastante se deseja trabalhar como um programador fixo em uma empresa ou como um freelancer.

É isso, ficamos por aqui, esperamos ter ajudado a entender melhor essa questão em saber quais são as melhores linguagens de programação para iniciantes. Até mais e sucesso 🙂

 

Aproveite e leia também:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.