Então está curioso para saber como funciona a Tecnologia 5G? Conhecida também como a 5ª geração da era da telefonia móvel. Saiba que não é só você que deseja saber mais sobre essa incrível inovação da tecnologia. Todos querem saber mais.

Abordaremos em nosso conteúdo tópicos relacionados sobre o funcionamento dessa tecnologia, o que ela realmente é, para que serve, seus benefícios e muito mais. Está curioso?

Então fique conosco e aprenda de uma vez por todas como funciona a Tecnologia 5G! Bora lá!

5g como funciona

O que é a tecnologia 5G?

Antes de explicarmos pra você em detalhes como funciona a tecnologia 5G, é extremamente importante que você saiba o que é a tecnologia 5G.

Podemos dizer que a tecnologia 5G é o futuro de suas antecessoras 3 e 4G da rede de dados móveis de internet. Uma de suas grandes promessas é que ela trará para nós usuários muito mais velocidade, cobertura mais ampla e mais estabilidade.

Conforme relato de vários especialistas de todo o mundo, o 5G irá permitir que aproximadamente mais de 1 milhão de aparelhos consigam se conectar por metro quadrado.

Isso só será possível usando o melhor espectro das ondas de rádio, que permitirá que muito mais aparelhos consigam acessar a internet móvel simultaneamente.

A ideia é realmente tornar tudo conectado, de smartphones, veículos, eletrodomésticos, equipamentos de segurança, aparelhos eletroeletrônicos entre outros.

Como funciona a tecnologia 5G?

Agora que você já sabe o que é a tecnologia 5G, então chegou a hora de explicarmos como funciona a tecnologia 5G. Então saiba que ela utiliza as faixas de frequência mais altas da rede de telefonia mobile para poder funcionar. Normalmente de 3,5 a 26 Gigahertz.

Essas por sua vez possuem uma capacidade bem maior, porém seus comprimentos de onda são bem menores, assim o seu alcance fica mais curto. E por esse motivo elas são chamadas de ondas milimétricas. Onde as mesmas são boqueadas com facilidade por muitos objetos físicos.

Mas saiba que os padrões para todos os tipos de protocolos 5G ainda não foram definidos, por isso é bem provável que surjam módulos de antenas de tamanho menor que ficarão próximos ao chão. Que serão responsáveis por propagar as ondas milimétricas dessa inovação.

Com um número bem maior de transmissores e também de receptores a cobertura então ficará muito mais extensa.

Para que serve essa tecnologia?

Agora que já sabe o que é e como funciona a tecnologia 5G, não poderíamos de forma alguma deixar de mencionar para que ela serve, pois está completamente enganado quem imagina que o 5G veio apenas para tornar a navegação da internet mais veloz.

A grande expectativa é que quando a quinta geração da telefonia móvel chegar no seu último estágio, ela então irá representar um avanço importantíssimo para toda a sociedade.

Já estima-se que a tecnologia 5G devido a sua ótima cobertura e velocidade possa substituir em alguns casos as redes domésticas que usam conexão wi-fi atualmente.

Pesquisadores e especialistas afirmam que a tecnologia será um grande complemento, com empresas operadoras oferecendo para seus clientes modem 5G, banda larga e conexão wi-fi para diferentes tipos de perfis.

E pra quem gosta de jogar games no smartphone será ótimo, pois com essa tecnologia os usuários irão notar um atraso bem menor, ou latência, quando desferir um comando e poder ver o efeito na tela do celular.

O 5G futuramente irá conectar muitos objetos inteligentes simultaneamente, devido ao seu tempo de resposta que é extremamente rápido, até mesmo veículos poderão andar sem condutores.

A reprodução de vídeos em dispositivos móveis promete ser praticamente instantânea e sem nenhum tipo de interrupção durante o período da transmissão. As vídeo-chamadas também se tornarão menos irregulares e bem mais claras.

E os aparelhos usados para praticar exercícios físicos serão utilizados para fazer o monitoramento da sua saúde em tempo real, notificando o seu médico sobre qualquer problema ou emergência.

Qual a velocidade do 5G?

A grande fabricante de chips Qualcomm, em testes realizados na Coreia do Sul, onde a tecnologia 5G já está em total funcionamento, acredita que é possível que o 5G poderá atingir rapidez na navegação e fazer downloads entre 10 ou 20 vezes mais rápido que as redes 3G e 4G.

Em seus testes eles conseguiram efetuar o download do jogo (PUBG Mobile), que possui 2 GB de armazenamento em menos de 2 minutos.

Hoje em dia as redes móveis 4G que são mais rápidas oferecem em média para seus usuários 45 Mpbs, mas a indústria ainda quer chegar mais longe e alcançar 1 Gbps. E é por esse motivo que a tecnologia 5G é tão esperada.

Para usar o 5G vou precisar de um smartphone novo?

Agora que você já sabe o que é, para que serve, e como funciona a tecnologia 5G, é mais do que normal e até natural você estar se perguntando se vai precisar de um aparelho de celular novo para poder usar o 5G.

Então fique atento pois é muito bem provável que sim, infelizmente nem todos os modelos de smartphones são compatíveis com essa nova tecnologia. Caso bastante parecido com o acontecido de 2.012, no lançamento do 4G. Nem todos aparelhos eram compatíveis.

E com essa nova tecnologia a situação não deve ser muito diferente, pois ainda existem muito poucos modelos de aparelhos que suportam o 5G a venda. E os que existem no mercado sejamos sinceros são um absurdo de caro.

Mas para nossa felicidade como essa inovação passou a ser realidade, então é claro que os fabricantes de aparelhos do segmento devem realizar um planejamento para conseguir trazer smartphones compatíveis com a rede 5G à preços mais acessíveis.

Quais os países que já usam 5G?

Atualmente não são muitos países ainda que usam a tecnologia 5G, mas logo abaixo você pode conferir a lista de todos os países do mundo que já desfrutam dessa inovação tecnológica, são eles:

  • A Coreia do Sul disponibilizou o 5G para seus usuários em abril de 2.019 em diferentes regiões do País;
  • Os Estados Unidos vieram em seguida oferecendo o serviço em Minneapolis e Chicago, e depois em outras cidades;
  • E em outubro do ano de 2.019 então a China realizou o lançamento da maior de todas as redes móveis 5G de todo o mundo nas cidades de Xangai, Pequim, Shenzhen e Honk Kong;
  • Ainda em 2.019 o Reino Unido então disponibilizou a rede 5G pros seus usuários;
  • E em seguida veio o Uruguai, que acabou se tornando praticamente o primeiro País da América do Sul a disponibilizar a rede 5G comercialmente para seus usuários;
  • Tobago e Trinidad, incluindo Porto Rico e as Ilhas Virgens Americanas também são outros países da América do Norte e Central que o serviço também já é disponibilizado;
  • O Canadá assim como o Brasil aguardam o leilão específico das frequências 5G da Anatel para poderem disponibilizar os serviços.

Quando o 5G chega no Brasil?

Todo o começo do processo da implementação da rede de quinta geração de telefonia móvel está previsto para começar aqui no Brasil em 2.020, mas para que esteja tudo em perfeito funcionamento estima-se que toda a implantação do 5G ocorra mesmo provavelmente até 2.025.

Isso pelo menos nas maiores e logicamente nas principais metrópoles. Afinal de contas o Brasil é praticamente um dos maiores mercados de todo o mundo quando o assunto é dispositivos móveis e a utilização da internet.

Estudos revelam que serão mais de 230 milhões de novas linhas de dados móveis até o ano de 2.023, isso é praticamente uma linha para cada habitante.

Incertezas ainda existem, pois o leilão das frequências ainda não foi realizado conforme já mencionado no tópico anterior, mas acreditamos que 2.022 seja uma data mais certeira para a exploração comercial da rede em nosso País.

Como será o funcionamento da tecnologia 5G na internet das coisas?

Uma das grandes certezas que já se tem à respeito de como irá funcionar a rede 5G na internet das coisas será a sua aplicação em veículos autônomos. Já existem testes em vários lugares do mundo com veículos como carros, caminhões e até mesmo ônibus. Isso só irá contribuir para a redução de acidentes.

Uma outra realidade será o das casas conectadas, já pensou poder ligar o seu forno e o seu ar-condicionado antes de chegar em casa, assim quando chegar e entrar a sua comida já estará pronta e seu ambiente climatizado. Luzes e tv também funcionarão assim que você entrar na sua residência.

Mas a inovação da tecnologia 5G não deve ficar restrita somente para veículos ou dentro de sua casa, muito pelo contrário, ela se estenderá pela cidade toda deixando ela totalmente conectada.

A indústria terá grandes mudanças como máquinas gigantes conectadas a internet através de rede sem fio, deixando-as muito mais eficientes. Isso tanto para enviar relatórios e também poder encontrar problemas.

O bom de tudo isso é que a conexão irá funcionar todo o tempo e para todos, que devido a densidade do 5G é capaz de suportar muito mais conexões ao mesmo tempo.

A tecnologia 5G oferece algum perigo?

Caso tenha lido isso em algum lugar, trate de esquecer, pois a tecnologia 5G não oferece perigo nenhum a saúde, boatos se espalharam nas mídias sociais sobre isso, mas não passam de meras fake news.

A potência utilizada é bem menor se relacionado com o 4G, por esse motivo não existe a menor possibilidade dela oferecer algum perigo, que na verdade já não existem com a tecnologia atual.

Caso você não saiba todas as faixas de radiofrequência são tipo não ionizantes, assim sendo, elas não tem força o suficiente para conseguir romper as relações das moléculas do corpo humano.

Conclusão:

Podemos então concluir que a tecnologia 5G utiliza faixas de frequências muito mais altas e que não oferece risco nenhum a saúde. E que ela é o futuro de suas antecessoras 4G e 3G que trará diversos benefícios à todos.

Ela irá permitir que mais de um milhão de aparelhos se conectem ao mesmo tempo, com velocidades incríveis e menor latência. E ela servirá num futuro bem próximo para conectar diversos objetos inteligentes ao mesmo tempo, o que é fantástico. E isso é só o começo.

Então é isso, esperamos ter ajudado você a entender melhor como funciona a tecnologia 5G, o que ela é, para que serve, suas aplicações e mais. Vamos ficamos por aqui, e sucesso 🙂

 

Aproveite e leia também: