O que é um Bug? Um bug de software nada mais é que um simples erro ou uma falha que pode ocorrer nos sistemas dos programas de computadores.

O que acabará resultando em um comportamento insperado e incorreto do que foi feito pelo seu desenvolvedor.

Muitas falhas do tipo podem sim ser mais difíceis de prever e até podem resultar em problemas muito maiores. Como por exemplo, perda de desempenho, crimes virtuais e roubo de informações e dados.

Então um bug é uma falha de lógica, que ocorre quando a linguagem de programação se depara com algum conflito. E isso poderá fazer que programas deixem de ser executados corretamente.

Os bugs podem ter várias origens como, aritmética, lógica, sintaxe, multi-threading, recursos, interface e muito mais.

Então para fazer seu reconhecimento e assim evitar o aparecimento dos mesmos, muitas empresas fazem a promoção de debugging e muitos testes.

Acreditamos que já deu pra entender o que é bug certo. Agora vamos saber um pouquinho mais sobre o origem do termo.

Vamos lá!

o que é bugado

Termo Bug: Qual Sua Origem?

A palavra “Bug” é inglesa, cuja tradução ao pé da letra é “Inseto”. Essa palavra já foi usada na década de 1870 por engenheiros para retratar defeitos nas obras. E olha que naquele tempo não existiam eletrônicos, computadores e softwares para ficarem bugados.

Também existem registros do termo bug para descrever algumas máquinas mecânicas que não funcionavam de forma indevida. Só pra você ter uma ideia até o grande inventor Tomas Edson mandou cartas para amigos falando sobre bugs.

Então com tudo isso o termo Bug foi transportado para o universo dos computadores, isso na década de 40. Quando Grace Hopper, cientista da computação trabalhava com o computador Mark II de Harvard.

Então após algum tempo procurando encontrar alguma falha na máquina, os seus colaboradores acharam uma mariposa presa no relé. Naquela época ninguém tomou nota sobre isso.

Mas com o passar do tempo, então a história começou a ser contada de forma diferente, sendo tratada como o primeiro caso de Bug dentro do universo da computação.

Inclusive o Museu Nacional da História Americana, que fica nos Estados Unidos, tem guardado a 7 chaves o livro de registro de acontecimentos datados de 9 de dezembro de 1947.

O grande pesquisador Willian Bill Burke até colocou a mariposa achada e anotou no livro como o sendo o primeiro casa real de bug já encontrado.

Origem do termo Bug

Bugs e a Vulnerabilidade Para os Pcs:

Agora que já sabe o que é um bug, como surgiu o seu termo então vamos falar de um problema nada bom que os bugs trazem. Principalmente se estiverem ligados a falhas e problemas de segurança.

Muitos hachers pode querem se aproveitar dessa vulnerabilidade nos sistemas e acabar cometendo crimes, como por exemplo roubar informações sigilosas como de cartão de crédito, senhas e muito mais.

Geralmente quando hachers tomam proveitos de bugs, elas espalham juntos muitos vírus e Malwares, que podem também acabar prejudicando computadores de muitas pessoas.

Devido a isso que grandes empresas desenvolvem programas para procurar corrigir possíveis falhas na segurança do sistema o mais rápido possível.

Testes Beta:

Nos dias atuais todos os softwares que são lançados no mercado passam por uma série de testes beta, isso serve para detectar bugs e remove-los.

Os testes geralmente são realizados já quando todos os recursos estão implantados, porém o programa ainda não está instável.

Muitas das fases de teste beta são feitas por funcionários de departamentos de controle de qualidade. Mas também existem os beta releases, que são os próprios usuários que realizam os testes.

Esse profissionais beta releases geralmente são pessoas públicas e também algumas instituições privadas, pois quando maior o números de pessoas testando melhor. Assim a empresa recebe inúmeros feedbacks e resolve mais rapidamente qualquer coisa que estiver bugada.

É importante salientar que muitos tipos de programas permanecem em um estado de teste beta perpétuo, onde a cada novo lançamento são inseridas novas funções. Porém nunca chegam numa última versão.

A empresa Google faz isso frequentemente, principalmente com o Gmail e com o Google News, elas se mantêm num estado de beta perpétuo desde 2000. Ficaram em testes beta até 2009, depois saíram.

Essa excelente técnica permite que os desenvolvedores consigam esperar por mais tempo, antes de se responsabilizar pelos possíveis bugs e assim oferecer total suporte aos programas.

Software Para Correção de Bugs:

O processo para localizar e corrigir bugs na computação é conhecido como debugging. Existe um grande de número de técnicas e estratégias para fazer isso, desde analisar o controle de fluxo até dumps de memória.

Como já mencionado anteriormente por nós, o termo debugging surgiu juntamente com os primeiros usos da palavra bug para fazer referência a computadores.

As ferramentas automatizadas para conseguir encontrar bugs são conhecidas como debuggers ou depuradores. Saiba que nesse tipo de software é muito comum fazer a execução do código do programa dentro da máquina virtual.

Para que assim sejam encontradas as falhas que estão dentro desse sistema.

Conheça os debuggers mais populares:

debuggers

Casos Famosos de Bugs:

Muitos bugs de computação, devido a atenção da mídia, são lembrados até os dias de hoje por muitas pessoas. Um dos mais famosos com toda certeza é o Y2K (conhecido como o Bug do Milênio). Já falaremos sobre, pois merecem menções honrosas ou desenrosas.

A principal delas foi o foguete chamado Ariane 5, no qual foi lançado pela CNES (Agência Espacial da França) na data de 4/06/1996.

O foguete Ariane 5 explodiu 30 segundos após o seu lançamento, causando um prejuízo de aproximadamente 370 milhões de dólares. E por sorte nenhuma pessoa se feriu, pois se tratava apenas de um teste e não havia ninguém à bordo.

O motivo de explosão? Um bug de computador, onde o erro estava na conversão de dados de 64 bits, que por sua vez é muito mais complexo, quando comparados aos de 16 bits.

Esse problema é conhecido como Integer Overflow, que significa Extravasamento de Integral. Que por sua vez consiste em criar um número maior do que o suportado pela variável de 16 bits.

Então no ano de 2013, Chris Reynolds tomou um susto ao acordar, ele tinha se tornado o homem mais rico mundo. Tudo isso devido a um erro (bug) no software do PayPal.

Ele acordou com $ 92,233,720,368,547,800 quadrilhões de dólares na conta.

É até engraçado pois o Sr. Reynolds mesmo que por um pequeno espaço de tempo foi simplesmente 1 milhão de vezes mais rico que o mexicano Carlos Slim. Que na época era o homem mais rico do mundo, com sua fortuna de $ 67 bilhões de dólares.

Então logo quando o erro foi detectado pelo sistema de pagamentos PayPal, rapidamente foi revertida a operação e a conta do Sr. Reynolds voltou ao normal.

O Que é o Bug do Milênio?

O Bug do Milênio também conhecido como Bug Y2K, era um erro onde acreditava-se que na virada do milênio, então todos os computadores começariam a exibir a data 1º de janeiro de 1900, ao invés de mostrar o ano 2000.

Tudo isso devido aos softwares da década de 60 usarem apenas 2 dígitos para representar o valor do ano. Isso gerava economia de espaço de memória e dinheiro é claro.

Dessa maneira registrava-se somente o “60” por exemplo, com o “19” que surgiria na frente ficando implícito.

Então com o passar dos anos muitos programas foram sendo atualizados para novos formatos, que por sua vez suportavam o ano de 2000 e assim se resolvia o problema.

Mas logo no fim dos anos 90, constatou-se então que muitas empresas, principalmente de grande porte ainda não tinham feito a atualização de seus softwares para lidarem com essa situação.

E para deixar as coisas mais complicadas ainda, tinha as Bios do sistema, que na grande da maioria das vezes só usavam dois dígitos para mostrar a data.

E isso acabou resultando em uma grande preocupação sobre o sistema financeiro. Será que o bug poderia afeta-lo também e quais seriam as consequências?

Se a data então fosse definida de forma automática para janeiro de 1900, os juros iriam ficaram negativos, e quem estava devendo dinheiro passaria então a ser o credor da dívida.

E os boletos? Já esses que por sua vez estavam para o primeiro mês do novo milênio, esses sim ficariam então 100 anos atrasados.

bug do milênio

Como o Bug do Milênio Foi Corrigido?

Nos só sabemos que nos fim das contas nada aconteceu, tudo o que estava previsto não ocorreu. Nenhuma catástrofe ou tragédia aconteceu por causa da data programada do sistema.

Mesmo não acontecendo nada, claro que foi uma corrida só para uma atualização geral dos programas foi promovida, o que gerou muitos gastos em todo o mundo.

Sem falar que na virada do milênio muitas pessoas, e até mesmo empresas já tinham comprado computadores mais novos e modernos, já com suporte para o ano 2000.

Alguns pequenos incidentes acabaram ocorrendo, como na Espanha onde alguns parquímetros de estacionamento apresentaram erros em seu funcionamento.

Na França a previsão do tempo para o dia 1º de janeiro de 19.100 foi dada pelo Instituto Nacional de Meteorologia, este comunicado foi feito em tempo real no próprio site deles.

E na Áustria algumas poucas máquinas que fazem a validação de passagens de ônibus também pararam de funcionar.

Conclusão:

Agora você já sabe o que é um bug certo? Os bugs de computadores representam desde os pequenos erros até grandes problemas de segurança, que podem ser problemáticos.

Mas os bugs também podem criar histórias engraçadas e divertidas como a do Sr. Reynolds que acordou nadando em dinheiro.

Mas de qualquer jeito, bugs são problemas que os desenvolvedores de software procuram evitar ao máximo. E é para essa finalidade que são promovidos os testes betas que mencionamos anteriormente.

Pois com os testes beta você consegue uma enorme quantidade de feedbacks antes de fazer o lançamento do produto em sua versão final, e que se seja estável para o mercado.

Por isso nossa recomendação é: mantenha sempre seus programas e seus sistema operacional atualizado. Isso é muito importante pois esses simples upgrades geralmente trazem correções para bugs e falhas na segurança. Além de manter seus programas muito mais seguros.

Então é isso, esperamos que tenha gostado de nosso artigo, vamos ficando por aqui. E agora que você já sabe o que é um bug, então procure ficar longe deles. Um grande abraço e sucesso 🙂

 

Leia também outros artigos do nosso Blog que possam te interessar:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.