Não sabemos se você sabe, mas no setor da programação existem três diferentes tipos de desenvolvedores, que são eles: Front-End, Back-End e Full Stack.

Cada um deles possui características, claro que umas diferentes da outras, mesmo seguindo uma linguagem de programação específica.

Então se escolher ser um desenvolvedor do tipo Front-End, saiba desde já que será necessário desenvolver as telas de aplicação projetadas pelo Arquiteto e também pelo Designer.

Sem falar que também precisará dominar por completo o CSS, o JavaScript e o HTML.

Se optar por ser um desenvolvedor Back-End, então saiba que é ele que trata direto com o cliente, sem falar que ter conhecimento em linguagens de programação é essencial.

E se estiver decidido em ser um tipo de desenvolvedor Full Stack, saiba que ele é o mais completo de todos eles entre os três. Ele faz o Front-End e o Back-End.

Por isso é essencial ter um conhecimento muito amplo sobre todos os afazeres feitos por outros tipos de desenvolvedores.

Mas você sabe realmente qual tipo de desenvolvedor web se enquadra no seu perfil? Não sabe! Por isso resolvemos criar esse artigo para explicar melhor sobre os 3 tipos de desenvolvedores que existem.

Então, vamos lá saber mais e escolher qual quer ser?

tipo de desenvolvedor

Principais Características:

Então se resolveu mesmo atuar como desenvolvedor, precisa saber quais são as características de todos os tipos de desenvolvedores que necessita possuir para conseguir ser um deles.

E como aqui o nosso interesse é sempre ajudar, preparamos uma lista básica com algumas características que qualquer tipo de desenvolvedor precisa ter, podendo ser ele um desenvolvedor Front-End, Back-End ou Full Stack.

Confira quais são elas:

Tipo de Desenvolvedores Front-End:

O desenvolvedor Front-End é aquele profissional que trabalha com frameworks, linguagens de programação e também bibliotecas. Ele por sua vez deve ser capaz de analisar o trabalho do designer, e assim poder seguir a mesma linha do que foi projetado.

E é por isso que ele necessita ao menos saber o básico sobre softwares, como por exemplo:

  • Photoshop
  • Illustrator
  • Corel Draw
  • Sketch
  • Adobe XD

Esses programadores por sua vez não precisam saber como desenvolver um código de Back-End, mas tem por obrigação conhecer os principais fundamentos da arquitetura de um software.

Pois no fim das contas, os códigos que os dois profissionais desenvolvem necessitam falar a mesma linguá, para assim poder garantir todo o sucesso do projeto.

Um desenvolvedor tipo Front-End jamais lida de forma direta com servidores ou com banco de dados complexos, e também não tem experiência com design.

Mas mesmo assim é muito importante ter experiência no assunto, pois muitas empresas os contratam para criar blogs e sites.

tipos de desenvolvedores front end

Tipos de Desenvolvedores Back-End:

Um desenvolvedor Back-End é o grande responsável pela integridade de todos os códigos, garantindo assim que todas as funcionalidades sejam executadas corretamente.

Saiba que normalmente quem se especializa nessa área não são indicados para criar sites e blogs, mas por sua vez sabem como ninguém das regras do negócio, como por exemplo sabem tudo sobre servidores e banco de dados.

Então saiba que para ser um desenvolvedor Back-End vai ter de se especializar em várias linguagens de programação, como por exemplo:

  • Python
  • PHP
  • C#
  • JavaScript

E também é necessário saber como publicar aplicações corretamente, o que vai requerer conhecimento em serviços como os da AWS ou Azure. E também tem de conhecer o Docker, para criação de contêineres.

tipos de desenvolvedores back end

Tipos de Desenvolvedores Full Stack:

Como já mencionamos no início do artigo, o desenvolvedor Full Stack é o mais completo de todos eles, pois ele atua tanto no Front-End como no Back-End. E tem a capacidade de entregar um projeto desde o seu início, meio e fim.

Saiba que é muito difícil encontrar programadores que tenham todo esse conhecimento, e justamente por isso ele é um dos mais valorizados e bem remunerados de todo o mercado. Olha aí, que tal se especializar em tudo e faturar mais?

tipos de desenvolvedores full stack

E aí, entre os três tipos de desenvolvedores você já conseguiu escolher qual é o seu? Se é Front-End, Back-End ou Full Stack? Ainda não. Continue conosco que já falaremos sobre as vantagens e desvantagens de cada um deles.

Vantagens e Desvantagens:

Agora que você já sabe um pouco mais sobre quais são os tipos de desenvolvedores que existem, é importante também saber quais são as vantagens e desvantagens de cada um deles, que são:

Um desenvolvedor Front-End trabalha na maioria das vezes com o tipo de linguagem de programação que é o JavaScript. O que poder ser muito bom, pelo simples fato de ser a linguagem que mais cresce.

Então além de trabalhar com web, também poderá aprender a criação de aplicativos para mobile e desktop, e desenvolver jogos. Sem falar que é possível enfrentar também o trabalho de Back-End.

E são por esses motivos que muitas empresas necessitam desses profissionais, o que quer dizer que sempre haverá mercado disponível. Há vagas.

Por sua vez a desvantagem desse tipo de desenvolvedor é a necessidade de saber criar códigos, que permitem que seus usuários usem independente do seu sistema operacional ou navegador.

Sem falar que também deve se preocupar em conseguir sempre entregar a melhor experiência de todas, o que vai requerer a otimização de arquivos, como por exemplo:

  • CSS
  • HTML
  • JavaScript
  • E imagens

Já o desenvolvedor Back-End não tem a necessidade de se preocupar com versão do navegador ou dispositivo está sendo usado pelo usuário no momento da criação do seu código.

Pois ele estará rodando isso apenas em uma única máquina configurada por ele mesmo.

A desvantagem em escolher por ser esse tipo de desenvolvedor, é que na maioria das vezes o profissional se especializa em apenas uma única linguagem de programação. Limitando assim os lugares onde ele poderia trabalhar.

Vamos supor que o desenvolvedor tenha muito mais familiaridade com o o JavaScript, muito dificilmente ele irá trabalhar em uma empresa que utiliza Python.

Então entre todo tipo de desenvolvedor, o que tem mais destaque de todos é o Full-Stack, ele pode trabalhar em vários locais, sem falar que pode até escolher a vaga que paga melhor.

Mas por outro lado, como ele necessita saber de Back-End e Front-End, ele deve se manter o mais atualizado possível. Mesmo estando no meio de uma enorme evolução de tecnologia. Podendo ser até mesmo um grande desafio de acompanhar.

Conclusão:

Agora que você conheceu os tipos de desenvolvedores que existem, e já sabe quais são as vantagens e desvantagens de cada um dos tipos. O que você precisa fazer é conseguir encontrar o tipo que se enquadra e oferece mais benefícios conforme o seu perfil.

Se você gosta de criar sites, visando sempre garantir a melhor usabilidade para os usuários em diferentes tipos de navegadores, tem conhecimento básico sobre design, então o Front-End é pra você.

Mas se a sua especialidade for em as linguagens de programação, e se você prefere se preocupar somente com a execução, o ideal para você então seria se tornar um desenvolvedor Back-End.

E se esse for o seu caso, de ser um profissional gabaritado, que gosta mesmo de fazer muitas coisas quando se trata de programação, saiba que tem enormes chances de se tornar um desenvolvedor Full-Stack.

E aí, gostou de saber mais sobre os tipos de desenvolvedores e suas diferenças? Esperamos que sim!

Nós vamos ficando por aqui, um grande abraço e sucesso 🙂

Leia mais:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.