Blog de Receitas, com toda certeza um dos tipos de blogs para se criar mais simples e fáceis que existem, principalmente se for um iniciante ou então se você tiver alguma habilidade no assunto será melhor ainda.

 

Pois assim poderá deixar o conteúdo ainda mais valioso com o seu conhecimento em culinária. E vamos ser bem sinceros, quem não gosta de uma boa comida não é mesmo?

 

Saiba que sua paixão pela culinária podem render muitos assuntos e frutos. Mas mesmo que não seja um Expert na cozinha também é possível começar o seu blog de culinária em passos simples.

 

Nesse artigo vamos abordar as etapas mais importantes como por exemplo: a escolha do nome dele, como escolher um bom plano de hospedagem para alocar seu site e muito mais.

 

Também iremos  falar sobre como traçar um plano para o crescimento do seu site de receitas, e falaremos também sobre a escolha da plataforma ideal para a criação do mesmo.

 

Sem falar que também daremos muitas dicas para você deixar ele muito mais bonito e também como publicar o seu primeiro artigo, sua primeira receita. Então, vamos lá?

blog de receitas como fazer

Escolhendo o nome:

Antes da gente entrar de cabeça no assunto principal, é necessário falar sobre uma coisa muito importante, que é o nome do seu blog. É muito importante escolher um bom nome, pois a ideia é ficar com ele por toda a sua existência. Saber como escolher o nome para então registrar o domínio é uma coisa muito séria e que merece sua atenção. Segue 3 dicas essenciais:

 

  1. Escolha De Domínio: Sempre ao escolher um nome de domínio dê preferência por domínios de topo, como os terminados em .com;
  2. Nome Curto: Procure escolher um nome curto, pois dessa forma fica muito mais fácil para as pessoas lembrarem;
  3. Explicar no nome sobre do que se trata o blog: Jamais use o seu nome em seu site de culinária, pois soaria como um nome pessoal e as pessoas podem achar que se trata de um blog pessoal, ficar confusas e não entrar nele.

 

Por isso o mais correto de tudo é usar nomes relacionados a comida, ou então ao tipo de receita que for publicar para seus visitantes. Faça uma busca rápida, então verá que a maioria deles usam nomes curtos e marcantes. Por isso procure um nome marcante e que tenha relação de imediato com o assunto.

 

Elabore também um lista de nomes com pelos menos umas 10 ou 15 opções diferentes para no final escolher apenas 1 que tenha mais te agradado. Você poderá falar sobre várias receitas, como por exemplo:

 

  • Receitas saudáveis;
  • Receitas sem glúten;
  • Receitas de doces;
  • Receitas fitness;
  • Receitas antigas entre outras.

 

Você também pode usar ferramentas conhecidas como geradores de nomes para empresas, como o nome já diz é para gerar nome de empresas. Mas a maioria deles gera também ideias de nomes de domínios.

 

Assim encontrado o domínio que deseja, basta verificar se ele está disponível para registro e então registrá-lo. Você pode registrar um nome de domínio por no mínimo 1 ano e depois renovar de ano em ano. Sem falar que o custo é baixíssimo.

 

Escolhendo a hospedagem:

Já escolhido o nome do domínio para a criação do seu blog de receitas, então agora chegou a hora de escolher uma empresa de hospedagem de sites onde todos os arquivos ficaram armazenados.

 

Em um primeiro momento você pode até achar estranho o termo hospedagem de sites, mas nada mais é que pagar por um espaço em um servidor. Sem falar que é ela que manterá seu site no ar 24 horas por dia. Então o que você precisa fazer é, procurar por uma boa empresa de hospedagem, e certificar-se se ela é confiável.

 

Procure verificar que tipo de hospedagem as empresas do ramo oferecem, pois são muitos tipos. Veja quais são os prós e contras oferecidos por elas entre outros como:

 

  • Hospedagem compartilhada: Sendo uma das opções mais baratas atualmente, na hospedagem compartilhada como o nome já diz, você compartilha o espaço do servidor com outros sites. É ideal e confiável para iniciantes, pois não requer conhecimento algum, ela é auto gerenciada;
  • VPS (Servidor Virtual Privado): Ao optar pela hospedagem tipo Vps, você receberá então uma máquina virtual (computador virtual somente para você) os dados não são compartilhados e você ainda tem o acesso root e diversos recursos dedicados. Mas requer experiência para gerenciá-lo. Diferente da compartilhada;
  • Cloud: A hospedagem tipo Cloud oferece um excelente desempenho com seus recursos dedicados mais a incrível potência da computação em nuvem. Com muitas opções de personalização, mas é um pouco mais cara que as outras e também requer um pouco de conhecimento.

 

Se você é um completo iniciante o recomendado é que inicie em uma hospedagem compartilhada, assim só se preocupa com a criação do site. E quando ele começar a crescer e começar a receber muito mais tráfego (visitas), então você já terá muito mais experiência para migrar seu site para servidores potentes como um Vps ou um Cloud.

 

Escolhendo uma plataforma para criar o blog:

Outro ponto muito importante é escolher qual será a plataforma usada na criação você vai usar para fazer o seu. Existem diversas plataformas diferentes para você escolher atualmente, e se você não tiver conhecimento pode também contratar algum profissional que o faça.

 

Mas a recomendação é que você mesmo crie seu blog de culinária utilizando um CMS (Sistema de Gerenciamento de Conteúdo) que vai deixar todo o processo de construção simplificado. Os CMS nada mais são que plataformas que possibilitam que você publique e faça o gerenciamento de todo tipo de conteúdo.

 

Os sistemas de gerenciamento de conteúdo são extremamente recomendados, principalmente se você é um iniciante, pois com ele é possível criar site com receitas incrível sem ter a necessidade de programar absolutamente nada.

 

Com ele você conseguirá organizar todo o seu conteúdo de forma simples, desde imagens, gerenciamento de usuários, configurações de links e páginas e muito mais em cliques simples.

 

A plataforma mais utilizada de todo o mundo é o WordPress, e pode acreditar, sem sombra de dúvidas ela é a melhor de todas. Também temos o Joomla, e o Drupal. Mas devido a simplicidade de uso e a facilidade na criação de conteúdo simplificado, o WordPress é o mais recomendado.

 

Ele disponibiliza uma série de ferramentas como temas que deixaram seu design lindo, e plugins para facilitar algumas funções. E tudo mais o que precisar pro seu site de receitas. E praticamente a custo zero ou muito baixo mesmo, que é o melhor de tudo.

 

Encontrando um tema incrível para o visual:

Já estamos quase lá pessoal, já está quase tudo pronto pra você começar o seu blog de receitas, então à partir desse ponto você já terá de ter domínio, hospedagem e WordPress já instalado ok. Pois agora vamos ajudar você a escolher um super template WordPress para deixar o layout incrível.

 

Quando se instala o WordPress pela primeira vez ele sempre vem com um tema padrão, e não é isso que queremos. Precisamos de algo relacionado a culinária e receitas certo. E para sua sorte o repositório de temas do WordPress oferece templates maravilhosos e gratuitos para você escolher o que mais te agrada.

 

Então para chegar até o repositório vá em “Aparência” depois “Temas” e no campo de pesquisa que fica localizado no canto superior direito digite em inglês “Food” que em português significa “Comida”.

 

Será listado para você uma enorme variedade de temas relacionados e receitas, gastronomia, culinária, basta escolher o seu e pedir para “Instalar” e “Ativar”.

 

Mas antes de instalar qualquer tema verifique sempre a avaliação de outros usuários que já testaram e usam esse template. O recomendado é escolher temas com boas avaliações e com mais de 4 estrelas.

 

E por último verifique quando foi a última atualização desse tema, pois algumas vezes seus desenvolvedores abandonam eles. E você precisa de tema que tenha atualização constante.

 

E se você desejar fazer um investimento que também é válida, pois não custa tão caro assim, então você pode adquirir um tema Premium na ThemeForest. Normalmente templates pagos oferecem mais recursos de personalização. Mas quem decidirá sobre esse investimento é você.

 

E agora com o tema já escolhido, o seu próximo passo será escolher plugins WordPress para facilitar ainda mais a sua vida e deixar seu site de receitas melhor ainda.

 

Para a escolha de plugins siga a mesma recomendação dada para o tema, sempre verifique as avaliações de outros usuários. Então o que tem de fazer agora é publicar a sua primeira receita, então preparamos um artigo especial somente para isso, confira como publicar seu primeiro post.

 

Faça um bom planejamento de crescimento:

Até o presente momento só falamos sobre a parte prática, mas à partir de agora vamos mais afundo no assunto pra você colocar a mão na massa. Então antes de fazer o lançamento de seu blog, você precisa fazer um bom planejamento de conteúdo, como por exemplo:

 

  • Frequência de postagens (publicações);
  • Qual o tipo do conteúdo deseja publicar?
  • Você mesmo vai criar conteúdo ou vai terceirizar essa parte?
  • E quanto a monetização do mesmo, vai querer monetizá-lo?

 

Pode ser que você deseje postar análises sobre restaurantes, ou então se tiver muita facilidade para criar novas receitas sempre, vá em frente, tirando lindas fotos a cada passo para seus visitantes. E você também pode querer focar em testes de novos produtos que são relacionados a culinária, enfim.

 

Indiferente do que escolher, escolha algo que goste. Pois senão você corre um sério risco de desistir muito rápido, ou então perda sua motivação em continuar.

 

Então assim que definir uma ideia, é hora de elaborar um cronograma para seguir, nem que seja apenas no início de sua caminhada. É recomendado que você poste entre 1 ou 2 artigos semanais para começar, se tiver habilidade e conseguir publicar 3 ou mais melhor ainda.

 

Mas jamais esqueça de uma coisa, crie conteúdo de qualidade, não publique somente por publicar. Crie conteúdo de valor para seus visitantes. Assim quando suas visitas começarem a aumentar, basta ir aumentando o blog para atender toda a demanda. Para alcançar isso mais rapidamente, você pode terceirizar parte do trabalho.

 

Você deve estar se perguntando, mas como terceirizar? É simples, você pode contratar redatores profissionais que são freelancers em sites de freelancers e que irão escrever os artigos pra você. Mas saiba que para isso terá que desembolsar uma grana.

 

Pois um redator hoje em dia cobra em média de r$ 60 a 70 reais por 1 artigo com até 2000 mil palavras. Tocar um projeto assim requer bastante dedicação e esforço, mas com toda certeza você vai tirar de letra caso resolva montar o seu.

 

E um ponto muito importante que também entra no planejamento é, como você vai fazer a monetização do mesmo? Como você vai ganhar dinheiro com ele?

 

Um blog de receitas oferece várias opções de monetização, como por exemplo adicionar links de afiliados de plataformas digitais de produtos relacionados ao seu nicho.

 

Links com utensílios para cozinha, e-books de receitas (livros digitais) para as pessoas comprarem e baixarem, links para cursos online de culinária em vídeo. E toda vez que realizar uma venda online, então você recebe uma comissão.

 

Tem muita gente ganhando dinheiro em casa monetizando sites e blogs de diferentes nichos, não pense que é possível lucrar somente com a culinária. Existem diversos nichos para você fazer um blog, basta escolher o assunto.

 

Você também pode lucrar com seu blog exibindo banners de publicidade de sites sendo um parceiro do Google Adsense ou de outras empresas de mídia programática.

 

E toda vez que um anúncio (banner) for exibido ou clicado dentro do seu conteúdo (artigo) você recebe pequenas comissões que então poderá sacar para sua conta bancária. Todas essas opções funcionam, basta você testar e escolher o que traz melhores resultados para o seu negócio.

 

Divulgue seu blog de culinária:

De nada adianta ter todo o trabalho para fazer um blog de receitas e não divulga-lo na internet, saiba que um site novo demora um tempo até pegar tração e começar a aparecer nos resultados orgânicos das pesquisas dos mecanismos de busca.

 

Por isso é muito importante fazer uma boa divulgação, isso pode ser feito de forma gratuita e também de forma paga, caso tenha capital para investir. Você pode divulgá-lo das seguintes formas:

 

  • Seo: Aplique técnicas de Seo em seu site, isso fará com que ele apareça nos resultados das pesquisas orgânicas do Google mais rapidamente. Aplicando corretamente essas técnicas em seu site, ele vai subindo de posições conseguindo melhores rankings, aumentando assim suas visitas;
  • Pinterest: O Pinterest é uma dos melhores lugares para fazer a divulgação do seu conteúdo de forma totalmente gratuita. Crie uma conta Business, verifique seu site e pronto. Crie Pins incríveis com fotos lindas de receitas, isso vai ajudar a trazer muitos visitantes de forma grátis;
  • Facebook: Não deixe o Facebook de fora, você pode e deve criar uma página para seu site de receitas, é de graça. Crie publicações com lindas imagens e textos para chamar a atenção e poste nos horários certos;
  • YouTube: Outro canal para divulgar sem gastar nada. Pode ser que no começo ficar em frente as câmeras pode até te assustar, mas com o tempo você se acostuma. Então crie um canal para divulgar suas receitas;
  • Instagram: Sendo uma das redes sociais que mais cresce em todo o mundo, jamais fique de fora dela. Procure criar publicações envolventes no Instagram, crie stories, faça posts sempre com imagens de alta qualidade e atraentes;
  • Mídias Sociais Novas: Se liga, pois tem muitas novas redes sociais no pedaço ainda inexploradas que você também pode usar para divulgar sem pagar nada.

 

E caso queira gerar visitas mais rapidamente, então você pode investir em anúncios pagos (patrocinados). Mas saiba desde já que vai precisar de um orçamento para isso. Você também pode divulgar o seu conteúdo de forma paga nas mesmas mídias mencionadas acima, e se desejar pode criar anúncios no Google também.

 

Conclusão:

Agora que você já sabe que começar um blog de receitas é muito mais simples do que você achava, está na hora de botar a mão na massa e começar logo o seu. Já podemos até sentir o cheirinho de suas receitas. Humm…

 

Esse tipo de blog é com toda certeza um dos mais fáceis e simples de serem feitos, com essas dicas é certeza que o seu ficará maravilhoso. Então para não esquecer vamos dar uma recapitulada rápida:

 

  • Escolher um nome;
  • Registrar o domínio;
  • Contratar a hospedagem;
  • Instalar a plataforma WordPress;
  • Selecionar tema e plugins;
  • Publicar primeiro artigo;
  • Fazer um planejamento de crescimento;
  • Divulgar.

 

Então é isso, encerramos por aqui, esperamos que o artigo tenha sido útil para você de alguma forma. Boas receitas, grande abraço e sucesso 🙂

 

 

Leia também:

Melhores Dicas de Como Ganhar Dinheiro Com Blog.
Saiba Como Criar Uma Landing Page no WordPress.