• Post category:Web

Mesmo nos dias atuais muita gente ainda tem dúvidas sobre quais são os tipos de hospedagens de sites que existem e como funcionam. Se você tem em mente iniciar um projeto na internet como um simples site para seu negócio local, um blog pessoal e até mesmo uma loja virtual para vender seus produtos você precisará contratar um serviço desses.

 

Mas afinal o que é ela é? É muito simples de entender, ela é um serviço totalmente online que permitirá a você publicar e gerenciar um web site ou até mesmo uma app na internet.

 

É praticamente como se fosse um hotel, onde você estaria alugando um quarto pra se hospedar. No entanto você estaria alugando um espaço em um servidor. Onde lá ficam armazenados os dados e todos os arquivos que são necessários para que seu site funcione perfeitamente.

 

Mas agora você deve estar se perguntando, o que é um servidor? Também é muito simples de entender. Um servidor nada mais é que um computador físico que fica ligado 24 horas por dia, 365 dias do ano mantendo o seu web site ou sua aplicação sempre no ar. Um servidor nunca é desligado.

 

Uma hospedagem para sites é totalmente responsável em manter o seu site em funcionamento, e também protegê-lo de ataques maliciosos que podem prejudicar o mesmo. A hospedagem irá automaticamente transferir todo o seu conteúdo, sendo arquivos, texto, imagens, etc do servidor até o navegador de seu visitante.

 

Então agora que já sabe o que é um serviço de hospedagem, também recomendamos que você aprenda como ela funciona.

hospedagem para sites

Como funciona?

Então já que agora você já está sabendo melhor o que é uma hospedagem, que tal aprender como ela funciona de verdade?

 

Na prática quando você decide em criar um projeto na internet, podendo ser um site local, um blog pessoal, ou até mesmo um app. Então no caso precisará de um provedor de hospedagem. Onde o mesmo irá te fornecer um espaço em um servidor. O teu provedor é o responsável por armazenar todos os arquivos incluindo o BD (Banco de Dados) no servidor.

 

Todas as vezes que uma pessoa digitar o seu domínio (seu endereço na web / endereço do site) no navegador (Google Chrome, Mozilla Firefox) o seu provedor irá fazer a transferência de todos os arquivos existentes e necessários para atender a requisição.

 

Um serviço de hospedagem funciona praticamente como um aluguel de um residência, sendo assim precisará sempre manter o pagamento em dia afim de manter o servidor sempre ativo e funcionando. Então no caso você precisa escolher bem um plano de hospedagem que realmente atenda as necessidades do teu projeto.

 

Quais são os tipos de hospedagens de sites:

Existem diversos tipos diferentes, é sempre o cliente que escolhe como irá pagar o plano, mensalmente, trimestralmente, semestralmente e até mesmo anualmente. Recomendamos que sempre inicie com um plano mensal de 30 dias, desta forma poderá testar a qualidade do hosting.

 

Outro fator muito importante também e que não pode ser esquecido é o tamanho do seu projeto na web. Ele pode começar pequeno e com o passar do tempo crescer.

 

Assim sendo precisará aumentar o poder da sua hospedagem migrando para um servidor melhor que ofereça mais desempenho e que atenda as suas necessidades. Mas fique tranquilo quanto a isto, pois não há necessidade alguma em saber programação para isto. Basta apenas um único clique e seu site está migrado de plano e de servidor automaticamente.

 

Então agora que você já sabe o que é e como funciona um hosting, chegou a hora de saber quais são os diferentes tipos existem no mercado atualmente.

 

A grande maioria dos provedores existentes no mercado atual oferecem diferentes serviços para atender as necessidades de cada tipo de cliente e projeto que ele for criar na web. Entre elas os tipos mais comuns e usados são elas:

 

  1. Compartilhada;
  2. Cloud;
  3. Vps (Virtual Private Server ou Servidor Virtual Privado).
  4. Hospedagem para WordPress;
  5. Dedicada.

 

Dependendo do tamanho do seu site e quanto maior ele for, com certeza muito mais espaço no servidor você necessitará. Geralmente o recomendado é iniciar com um plano compartilhado, e conforme seu projeto for crescendo basta mudar para um plano maior que suporte o tamanho do teu site.

 

Na grande maioria dos provedores eles possuem diferentes pacotes para cada tipo de site.

 

Compartilhada:

A compartilhada é a mais popular entre todas elas, e é a solução para pequenos sites institucionais de uma página apenas ou pequenos blogs que estão iniciando.

 

Porém nela você compartilha um servidor com vários clientes de seu provedor. Sendo assim todos os websites que estão hospedados no mesmo servidor compartilham juntamente os recursos de memória, espaço do disco, cpu, etc.

 

Prós:

  • Baixo custo para manter;
  • O servidor é praticamente 100% configurado;
  • Dispensa conhecimento técnico (ideal para iniciantes);
  • Cpanel simples e prático de utilizar;
  • A administração e a manutenção do servidor são feitas pelo próprio provedor (empresa responsável);

 

Contras:

  • O usuário não tem nenhum controle das configurações do servidor;
  • O sobe de desce de picos de tráfego de outros sites podem sim afetar o seu site.

 

Hospedagem para WordPress:

Esse tipo é praticamente igual a uma compartilhada, mas voltada somente para sites feitos em WordPress. O seu servidor tem algumas configurações diferentes voltadas especificamente pro WordPress.

 

Por esse tipo de hospedagem ser otimizada somente para está plataforma, então o seu site tende a ter uma melhor performance.

 

Na grande maioria das vezes os planos já incluem várias ferramentas como por exemplo: temas, plugins, ferramentas de desenvolvimento e muito mais.

 

Prós da hospedagem WordPress:

  • Preço baixo, semelhante ao preço da compartilhada ou inferior;
  • Ideal para iniciantes;
  • Instalação em um clique;
  • Excelente performance para sites e blogs WordPress;
  • Templates e plugins já pré instalados.

 

Contras da hospedagem WordPress:

  • Ela é exclusiva para web sites em WordPress, por esse motivo se deseja hospedar outro tipo de site desenvolvido em outra plataforma não servirá.

 

Cloud:

A Cloud é uma hospedagem em Nuvem, ela é considerada atualmente uma das mais confiáveis, pois conta com um uptime de praticamente 100% sempre estar no ar.

 

Ao utilizar uma hospedagem tipo Cloud, o seu provedor te fornece um cluster de servidores. Mas você deve estar se perguntando o que é isto? Muito simples, todos os seus arquivos e recursos serão replicados automaticamente em cada servidor.

 

No entanto quando um server cloud está muito ocupado ou enfrentando problemas, o seu tráfego é totalmente redirecionado pra outro servidor no cluster. Ficando assim sempre no ar.

 

Prós:

  • Tempo de inatividade mínimo ou praticamente nulo (Downtime);
  • Te fornece recursos de acordo com sua demanda;
  • Você só pagará o que usar;
  • Problemas no servidor não irão afetar o seu site;
  • Muito mais escalável que um Vps.

 

Contras:

  • Difícil estimação e custos;
  • O acesso root (raiz) nem sempre é fornecido ao usuário.

 

Vps (Servidor Virtual Privado):

No Vps (Servidor Virtual Privado) você também continua compartilhando o servidor com outros usuários, mas porém o seu provedor aloca uma parte dentro do servidor inteiramente dedicada a você. Isto inclui recursos de memória, processamento e espaço em disco.

 

Com toda certeza um Servidor Vps é uma excelente solução para negócios e projetos que estão em total expansão. Um Vps potente pode com certeza irá contribuir até mesmo para o Seo do Seu site.

 

Prós:

  • O espaço no servidor é dedicado inteiramente a você sem a necessidade de pagar por um servidor dedicado;
  • O pico de tráfego de outros sites nunca afetará o desempenho do seu web site;
  • Terá acesso total a raiz do servidor (root);
  • Simples e fácil de escalar;
  • Hoje em dia 99% dos Vps já usam a tecnologia Nginx;
  • Muito mais velocidade para seu site;
  • Totalmente customizável, pois ele é 100% auto gerenciado por você.
  • Super potente e segura.

 

Contras:

  • Um pouco mais caro que hospedagens compartilhadas;
  • Necessário Conhecimento para gerenciar e administrar o servidor.

 

Dedicada:

A Dedicada com toda certeza é a melhor que existe, pois o servidor é todinho seu, e jamais será compartilhado com outros usuários. Dentre todos os tipos de hostings, a dedicada é que oferece o maior desempenho de todos, mas também é a que possui a conta mais cara de todas.

 

Então caso você opte em hospedar seu site num servidor dedicado saiba desde já que o desempenho dele será superior que a de um Vps.

 

Prós:

  • Personalização: as super dedicada dispoê de mais liberdade e controle, o servidor pode ser adaptado para algumas necessidades mais específicas, como no Vps;
  • Confiança: seus sites e seus dados estarão totalmente protegidos, pois não estão sendo compartilhados como se fosse numa hospedagem comum;
  • Alto Desempenho: você terá muito mais memória, mais CPU e largura de banda à sua disposição. Grande sites e os maiores portais da internet só usam dedicada, pois a grande quantidade de tráfego que eles geram é gigantesca;

 

Contras:

  • Custo: o custo da super dedicada é praticamente o seu pior contra, mas claro que você só usará um serviço desse tipo se realmente necessitar;
  • Complexidade: na dedicada você é o responsável por configurar e administrar todo o servidor. Então senão tem conhecimento o suficiente para fazer as configurações corretas contrate um dedicada com painel de gerenciamento.

 

Conclusão:

Então agora você já sabe que uma hospedagem é um serviço extremamente necessário e indispensável para criar a sua presença na web.

 

No entanto saiba que para ter uma boa presença online na web é necessário um bom provedor que irá disponibilizar todo o seu conteúdo (arquivos, texto, imagens, vídeos, etc) para seus visitantes.

 

E é isso, chegamos ao fim de mais um artigo, esperamos que tenha gostado e aprendido mais sobre quais são os tipos de hospedagem de sites existentes. Ficamos por aqui, até a próxima e muito sucesso pra você 🙂

 

 

Leia também: